NDI Comunidade
EMail

NDI Comunidade: Formação Continuada de Profissionais da Rede Pública Municipal

Coordenação: Pedagoga Rute da Silva e Professora Verena Wiggers

Apresentação

As demandas advindas da atuação no ensino, na pesquisa e na extensão articuladas aos contornos que a educação infantil vai adquirindo com o reordenamento legal que se delineia a partir da Constituição Federal de 1988, mobilizou nossas ações nos últimos anos. Esse fato, entre outros, justifica nosso envolvimento com a formação continuada, bem como nas atividades de pesquisa e extensão, sobretudo no que tange a formação profissional de profissionais de outras redes.

Objetivo Geral

Contribuir para que itens tidos como indicadores de qualidade na educação infantil sejam implementados pelas diferentes redes de educação municipal.

Objetivos Específicos

Contribuir para a formação e capacitação de profissionais que atuam na educação infantil de diferentes redes municipais da região da Grande Florianópolis. Apresentar e discutir aspectos relacionados às Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (BRASIL, 2009) e pressupostos teóricos e metodológicos pertinentes ao delineamento de propostas e práticas pedagógicas na creche e na pré-escola;
Contribuir para o delineamento de estratégias metodológicas para organização e sistematização das práticas cotidianas na creche e na pré-escola.

Metodologia

O curso está estruturado em torno de três grandes eixos:
A- Pressupostos teóricos que fundamentam as ações cotidianas junto à criança atendida na creche e na pré-escola
B – Sistematização de propostas e práticas pedagógicas na educação infantil
C – Relação com a família e articulação com o ensino fundamental

O projeto prevê a formação continuada de 75 profissionais que atuam em creches e pré-escolas municipais da Grande Florianópolis e do município de Santa Rosa de Lima. Os cursistas são distribuídos em três grupos de 25 profissionais, sendo que em dois grupos são abordados aspectos relacionados ao trabalho com a criança de quatro e cinco anos e, em um deles, se dá ênfase à criança de zero a três anos de idade.